quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O que fazer senão rir

O líder da Oposição na Assembléia Legislativa, deputado Gildásio Penedo (DEM), disse que vai recorrer novamente ao Tribunal de Justiça com uma ação de reclamação por desobediência diante da atitude do líder do governo, deputado Waldenor Pereira, PT, de instalar as comissões temáticas da ALBA "sem respeitar a decisão judicial".

Veja bem, não estou aqui tomandao partido deste ou daquele deputado. Não sei qual dos dois tem razão, até porque não entendo muito de legislação, mas o que acho engraçado é o comportamento de deputados como Bacelar (PTN) e os democratas Heraldo Rocha e Gildásio Penedo.

Hoje eles falam de autoritarismo e comportamentos anti-democráticos como se fossem coisas inéditas na Bahia. Eles [Gildásio, Bacelar e Rocha] são os mesmos que, em outros tempos, sequer tinham acesso às contas públicas do governo do estado e nem reivindicavam isso. Eles são os mesmos que votavam sempre com um amém para as decisões do Executivo. Também são aqueles que apenas homologavam o nome de quem presidiria a casa.

Por fim, eles são os mesmos que massacravam os então opositores no passado. Francamente ...

Um comentário:

Daniel disse...

Política é assim mesmo, Gabriel! Os opositores massacrando quem está na situação e vice-versa. Só mudam as pessoas com os passar dos anos. O que Heraldo e Gildásio fazem hoje, outros já fizeram no passado. E você não reclamava... Não sei por que o espanto agora! Abração e vê se responde alguma coisa nos e-mails que eu mando contando minhas novidades.